Marrocos visto por uma criança

/ / O Mundo Visto por uma Criança

Viajei para Marrocos com os meus pais e com os meus avós. Adorei esta viagem, vou explicar-vos as minhas aventuras.

Há pessoas que visitam Marrocos e dizem: “Eu não gostei de Marrocos”. Eu não concordo com isso, eu acho que é um país interessante e com pessoas muito simpáticas. É muito colorido e tem muita comida.

Tem muitas coisas giras para comprar. Eu adoro comprar coisas e ainda gosto mais quando o preço dá para negociar. Eu ainda não tinha ido para países em que se negocia preços, então fiquei muito entusiasmada. Parece mais fácil do que é, eu achava que era mais fácil, o problema é que eu sou um pouco tímida com pessoas que não conheço, portanto foi um pouco complicado.

O hotel onde ficamos era muito giro e quando saíamos do hotel, todos os dias de manhã, víamos gatinhos muito fofinhos à porta do hotel. Eram tão fofos!!!!!!!!!!!!!!!JJJJ

Todos os dias de manhã íamos beber sumo de laranja. Lá os sumos de laranja eram uma delicia!!!!!!!!!!!!!!!!!! Que bom.

Na praça de Marraquexe joguei um jogo com uma cana de pesca tínhamos que pescar garrafas. Parece fácil, mas não é, não consegui pescar nenhuma.

Em Marraquexe também andei num género de carroça que é muito fixe, chama-se Caleche.

Fomos também a uma praça onde estavam imensas galinhas. Depois disso a minha avó ficou com picadas ou borbulhas, qualquer coisa do género. Nós pensámos que era das pulgas das galinhas, mas depois passaram.

Nós também fomos a uns restaurantes de uma cooperativa de pescadores em Essaouira e os peixes eram deliciosos.

Não se deve comer salada ou beber água da torneira naqueles países, porque não estamos habituados à água da torneira deles só que eu e o meu pai comemos salada, porque nos apetecia muito. Uns dias depois eu e o meu pai adoecemos e tivemos de ir ao hospital. Achamos que foi por causa da salada que comemos.

Lá, fiz umas tatuagens com hena e ficaram lindas. Aquelas tatuagens saem ao fim de uns dias. Nós compramos quilos de hena para fazer em casa, já experimentei e é muito difícil.

Nós fomos também a uma cascata lindíssima, andei de barco e relaxei um pouco.

Eu no início disse que as pessoas eram amigas e são, porque quando era para ir embora, as pessoas que estavam na rua viram-nos com malas e acenaram-nos e despediram-se.

Amei Marrocos pois é um país amigo e colorido, tem coisas interessantes para ver e para fazer.

Autora: Margarida Correia (10 anos)